InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Abdala Jacobs (Hécate)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Abdala Jacobs

avatar

Masculino Apelido : Ab
Idade : 21
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Abdala Jacobs (Hécate)   Seg Maio 21, 2012 11:06 pm

Player
  • Nome: Pedro Elias dos Reis
  • Outros personagens: xxx

    Informações Básicas

  • Nome: Abdala Jacobs
  • Apelido: Ab
  • Filho de Hécate
  • Sexo: Masculino
  • Local de Nascimento:
  • Data de Nascimento: 02 de novembro de 1995
  • Estado Civil: solteiro
  • Sexualidade: Hetero

    Meio-Sangue

  • Poderes maiores: Metamorfismo- Capacidade de transformar os outros e a si mesmo em animais (3 pontos aqui)
  • Arma Mágica: xxx
  • Falha Fatal: Se estiver com raiva, pode falar coisas horríveis e cuspir veneno nas pessoas, e pra piorar, no final se arrepende. Nunca se da conta disso e tenta se controlar... Sua língua sinuosa já o colocou em várias encrencas.

    Família

  • Progenitor Mortal: Seu pai, Abbas Jacobs, é um estudioso de magia, muito mais voltado para as magias das tradições gregas, sempre cultuou Hécate como adorador e nada mais e fazia várias oferendas a ela.
  • União: Seu pai nunca o dissera como encontrara sua mãe. Porém, Abdala leu em um dos livros e rascunhos de seu pai, exatamente o tal dia. Era uma anotação de mais um ritual de adoração que ele havia feito a Hécate, porém desta vez, a própria apareceu, real e apaixonada, apesar dela mesma admitir não ser boa com o amor, mas a descrição vai ficando intensa cada vez mais que se lê sobre ambos naquela noite na floresta em lua cheia.
  • Outros parentes: Tia Mag, uma tia velha e chata, vive gritando com seu pai devido as suas crenças.


    Biografia

    Nasceu em Chicago, grande cidade. Sua infância foi normal, apesar das outras pessoas não acharem,por que seu contato com as coisas ocultas veio desde cedo, quando seu pai o ensinava alguns poemas mágicos, a maioria era para parar de chorar ou para dormir. Foi crescendo e ficando mais curioso, querendo ir além dessas magias simples acalma-crianças, e seu pai, felizmente, queria ensinar, porém infelizmente, disse não poder. Abdala não entendeu o por quê, claro que, hoje eu ele até sabe. Com 13 Anos, ficou com raiva de um menino Bullyng, extremamente chato, normal até aí, uma pena Abdala ter começado a ficar estranho,pelos cresceram, mudava de forma e não tinha tanta precisão nisso, de forma que sua transformação ficou parcial e lembrando um lobisomen, deu um murro tão forte que o menino voou longe e atravessou uma janela, sorte não estarem no segundo andar da escola, foi expulso da escola. Se dirigiu para outra mais perto de casa pelo menos, e lá manteve menos contato com qualquer pessoa, pois temia fazer algo ruim novamente. Na escola as coisas estavam chatas, mas em casa, as coisas estavam boas. Apesar de não poder aprender magia, mesmo assim invadiu a biblioteca do seu pai (conseguiu destranca-la, não sabe bem como ainda), e no desespero, pegou o primeiro livro e correu para seu quarto, tratava-se de um livro que falava sobre metamorfoses. Seu pai descobriu que o menino entrou na biblioteca (Abdala também não sabe como ele descobriu), perguntou se ele havia pegado algo e este mentiu, dizendo que não, pois sabia que era proibido, Abraham acreditou... Enquanto lia aquele fascinante livro, roía as unhas de ansiedade, mal podia esperar para tentar fazer aquilo tudo. Em uma bela noite, uma pessoa fugiu para a floresta a procura de um lugar para se esconder, ela carregava várias velas, incensos e itens que normalmente alguém não andaria com, era Abdala no seu fascinante dia em que conseguiria realizar a mudança de forma. Encontrou uma clareira, a luz da lua era enorme, lua cheia, perfeito. Espalhou as velas pelo local , fazendo um círculo com elas e depositou um espelho próximo a uma rocha. Com uma faca cerimonial, entoou cânticos gregos e traçou um círculo mágico para armazenar energia. Ascendeu as velas e incenso, e aí a coisa ficou estranha. Cortou o braço e muito sangue saiu, despejou o sangue no cálice e rapidamente fechou o local com curativos já preparados para a ocasião. Ofereceu o cálice a Hécate, como prova de que sua vontade para realizar aquele ato mágico, era enorme, a ponto de doar seu sangue se necessário. Concentrou-se e entoou os cânticos gregos, decorados com facilidade, quanto mais os dizia, mais alto a voz ficava, mais tenso o local ficava e seu interior psíquico ficava mais intenso, seus olhos reviraram, e entrou em uma espécie de transe. Nele, observou vários animais translúcidos, e sentiu que deveria escolher um, seus olhos se fixaram em uma linda pantera negra, todos os animais sumiram, exceto a pantera, ela correu em sua direção, naquele lugar onírico e colidiu com o menino, como se entrasse nele, nesse momento, acordou dando um salto de 1 metro para trás, seus olhos enxergavam diferente, sua posição era diferente e desconfortável de início, ''engatinhou'' ofegante até o espelho, e viu uma pantera. Com êxito tudo ocorreu certo, a atadura de sua mão estava apertando a suposta pata, começou a andar pela floresta com intuito de se acostumar, se sentiu livre, como um animal literalmente. Quando parou para descansar, foi para um lago ali perto, bebeu água e se deparou com uma mulher sentada a beira do lago -Parabéns, semideus.... tenho uma missão para você. Abdala não se lembra bem do que aconteceu, mas só tinha uma base, logo depois de tudo, ele estava em um acampamento bizarro, em sua forma humana, nu e ofegante, cheio de hematomas e arranhões, de acordo com a placa da frente, se chamava: Acampamento meio-sangue.

  • Descoberta: Descobriu no momento em que conversou mais com uma senhora misteriosa em um lago (Hécate)

  • Vida de Campista: Para sempre.

  • Vida de Mortal: Costuma não falar com muitas pessoas, só quando necessário. A morte do pai é um dos motivos tanto para esse afastamento, quanto para ficar o ano inteiro no acampamento.


  • Missões: xxx

    Físico


    Lembre-se que o físico da personagem precisa estar coerente com as características dos heróis. Isso significa que se a celebridade que você estiver usando for pequena mas a personagem é filho de Hefesto, é necessário colocar aqui que ele é alto.

  • Altura: 1,85
  • Peso: 60 Quilos
  • Cor dos Olhos: Negros
  • Cor do Cabelo: Negros
  • Corpo: Olhos penetrantes e grandes e com lápis contornando-os, pele branca e por vezes pálida, sua barba possui um formato estranho as vezes, moda própria. Magro e médio na altura
  • Vestimenta comum: Camiseta preta, adornos negros e Boné preto

    Personalidade


    Apesar de não falar muito com as pessoas, gosta de conversar, odeia ficar muito tempo ''na toca'' e uma hora tem que sair por aí para explorar e estudar. Costuma ser legal e seguro, e as vezes, pode virar um cavalo e run away (Né Helen :B ?), bem evasivo nas sombras de vez em quando. Gosta de sorvete e adora seus cachorros, estudar então, nem se discute.

  • Gosta: Estudar, magia, ensinar, música
  • Odeia: Filhos de Afrodite, meninos e suas conversas sobre meninas, odeia estar no meio. E odeia pessoas atrevidas, que entrem demais no seu espaço sem serem convidadas.
  • Medo: Costuma ter medo de se relacionar intensamente com alguém, medo de quebrar a cara ou mostrar fragilidade por causa do amor

    Círculo de Contatos


  • Amigos: ESCREVA AQUI.
  • Relacionamentos: ESCREVA AQUI.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Abdala Jacobs (Hécate)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» NOSSO RENASCER / Dirceu Abdala

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fichas dos Filhos-
Ir para: